Minha Escolha:
Procure por Tag:
Nenhum tag.
Fique a Par:

Santa Mônica inaugura maior campo de golfe do Paraná

O Golfe é um esporte nobre, gracioso, emocionante e que coloca o jogador em contato direto com a natureza. A boa notícia para os golfistas paranaenses é que no dia 4 de março, o Santa Mônica Clube de Campo inaugurará os 18 buracos do seu campo, com quase 7 mil jardas, que o elevará ao patamar de um dos maiores do Brasil e ao padrão internacional. Não somente a quantidade de buracos que foi aumentada, mas o nível técnico e o desenho do campo.

Para celebrar este marco, será realizado a partir das 8 horas o Torneio Festivo (Trincas Scramble), que envolverá cerca de 90 golfistas, e às 14 horas, acontece a cerimônia oficial da inauguração, na Sede do Golfe.

Agora, além de duplicar a capacidade de atendimento, ele poderá sediar competições do padrão oficial. Orgulho para todos nós, paranaenses. O redesenho do campo de golfe engloba uma área de 30 alqueires e foi elaborado por François Cazabon, que é golfista e árbitro internacional da Profissional Golfers Association – PGA, com participação nos Jogos Olímpicos do Rio 2016. O conhecido golfista é associado do Santa Mônica Clube de Campo e disse que o maior desafio foi mudar o sentido do campo e ver se tinha área para se realizar este trabalho, segundo as regras existentes. O golfe está entre os esportes mais praticados no já tradicional clube, sendo praticado há mais de 20 anos. Foram muitas etapas para chegar à conclusão dos 18 buracos. A gestão atual, presidida por Aniceto Zanuzzo, há cinco anos, pegou o Campo de Golfe com 10 buracos e concentrou as atenções para que o projeto saísse do papel. De acordo com o presidente, a conclusão dos 18 buracos só é uma realidade hoje, porque o Clube fez uma permuta histórica em 1988, na Gestão do Presidente Omar Rachid Fatuch, com a União, de 51 alqueires, área onde se localiza o campo de golfe.

Visibilidade no Esporte

Segundo o Presidente da Confederação Brasileira de Golfe, Euclides Gusi, construir um campo de golfe de 18 buracos é de extrema importância para o desenvolvimento do esporte no Brasil. “Este é um grande passo do Santa Mônica. As vantagens são imensas, com 18 buracos, o campo comporta muito mais jogadores simultaneamente. Os golfistas ganham mais nove desafios diferentes. Com esse padrão de campo, o Clube poderá sediar torneios com um maior número de competidores. O golfe brasileiro, apesar de ter mais de 100 anos, ainda é um bebê. Temos um potencial imenso para crescimento. A entrada do esporte nas Olimpíadas deu muita visibilidade, mas ainda há muito a se fazer. Certamente, iniciativas como a do Santa Mônica só ajudarão a desenvolver este esporte”, afirma. Sexta feira eu estarei lá pra conferir e te contar todos os detalhes. Me aguardem com novidades. 


© 2023 by Mary Schaffer. Desenvolvido por NScom.