Minha Escolha:
Procure por Tag:
Nenhum tag.
Fique a Par:

Novo espaço cultural em Curitiba

Curitiba sempre foi referência em inovação na gestão pública, planejamento urbano e nas questões ambientais e culturais. A cidade vem buscando a sustentabilidade urbana, por meio de experimentação de soluções, fomento de economia criativa e desenvolvimento.

Seguindo uma tendência internacional, muito comum na Europa e nos Estados Unidos, ​um grupo de produtores de eventos da cidade, com mais de 20 anos de atuação na área, se juntaram para desenvolverem um novo local para eventos, em meio a um espaço fabril desativado, a Usina5.

A localidade, em uma antiga fábrica inativa da Emílio Romani S/A, detentora da marca paranaense Diana, situada no Prado Velho, dentro de uma área de zoneamento industrial próximo à PUC-PR e à Linha Verde, ficou abandonada e sem qualquer tipo de manutenção por mais de uma década. Agora, por meio do conhecimento organizacional e de produção de seus sócios, o espaço passa a abrigar eventos culturais, comerciais e corporativos, em um local histórico e de grande marco econômico para a cidade, preservando ainda a sua essência e suas características rústicas, com um clima inovador e sustentável.

O ambiente de 50 mil metros quadrados, construído há aproximadamente meio século, onde se fabricava açúcar, sal e café, mantém algumas de suas características originais, preservando ainda seus complexos de galpões, com paredes desgastadas e danificadas pelos anos de abandono, que no decorrer de todo o planejamento de revitalização, será incorporado ao conceito da Usina5.

A primeira fase do revigoramento do local foi feita especialmente para abrigar um dos principais festivais de tendências musicais este ano, a TribalTech, edição Escape, que reuniu aproximadamente 10 mil pessoas, em uma atração que aliou arte, música e história. Foram toneladas de escombros, cascalhos e adaptações específicas, que duraram cerca de três meses para poder abrigar o festival.

Embrião das ações do Vale do Pinhão, nomenclatura utilizada para se referir ao Ecossistema de Inovação de Curitiba, a Usina5 está totalmente alinhada com as estratégias de reurbanização do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba –IPPUC, em um amplo projeto que foca em ações criativas e inovadoras no bairro do Rebouças e Prado Velho, englobando uma grande região de Curitiba, partindo da antiga fábrica e chegando até ao bairro São Francisco, na rua Jaime Reis. O Vale conta com o apoio da Prefeitura de Curitiba, por meio da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação S/A, assim como do SEBRAE – PR - Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas do Paraná; da FIEP – Federação das Indústrias do Estado do Paraná, e a FECOMERCIO-PR – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná “Buscamos inspiração em vários ambientes revitalizados em outros países, que passaram a abrigar eventos e atividades criativas. Temos a certeza que esse novo projeto irá beneficiar não só o turismo, mas a cultura e o desenvolvimento de Curitiba”, explica Marcelo Contin, um dos sócios da Usina5.

O complexo para eventos se junta ao movimento denominado de Reação Urbana, que é composto por cidadãos e empresários que têm o objetivo de levar inovação à área, como startups, movimentos culturais e criativos, centros de pesquisa e desenvolvimento, entre outros, além das universidades PUC-PR – Pontifícia Universidade Católica do Paraná; e UFPR – Universidade Federal do Paraná.