Minha Escolha:
Procure por Tag:
Nenhum tag.
Fique a Par:

5 praias paradisíacas no Brasil

Nem sempre viajar pelo Brasil é a opção mais barata de férias, mas acredito que vale à pena conhecer algumas praias do nosso país que são belíssimas. A ViajaNet, agência de viagens on-line, elegeu cinco verdadeiros pedacinhos do céu em terras tupiniquins e eu concordo plenamente pois já conheci todas essas maravilhas. Confira:

Fernando de Noronha (PE)

É um arquipélago brasileiro no estado de Pernambuco, formado por 21 belíssimas ilhas. Se escolheu embarcar para lá entre os meses de dezembro e fevereiro, é bom ir com bastante tempo para conhecer os inúmeros segredos que o local guarda, como o Mirante dos Golfinhos, as trilhas, os passeios de barco e os pontos para mergulho livre.

Praia do Rosa (SC)

Localizada no município de Imbituba, é considerada uma das 30 baías mais bonitas do mundo e leva esse nome em homenagem a um de seus primeiros moradores: o pescador Dorvalino Manoel da Rosa. Apesar das ondas agitadas, é um excelente destino para aqueles que buscam paz e tranquilidade. Não deixe de visitar os "costões" da direita e da esquerda, onde é possível relaxar à beira-mar.

Praia do Aventureiro (RJ)

Bem ao centro de Ilha Grande está a Praia do Aventureiro, uma opção para aqueles que realmente querem se desligar do mundo moderno, já que não existem hotéis – apenas 18 campings – a energia é à base de geradores e não há sinal de telefone e internet. Mas todo esse esforço vale a pena, já que a vila abriga apenas 100 pescadores bastante hospitaleiros.

Jericoacoara (CE)

O local conta com algumas das praias mais bonitas do mundo e com água cristalina. Mesmo estando entre as mais famosas, o ritmo é sempre tranquilo e familiar, com redes que se espalham na beira do mar. Para quem gosta de aventura, pode colocar o destino entre os queridinhos, já que o acesso se dá apenas para carros com tração 4x4.

Praia dos Castelhanos (SP)

Com dois quilômetros de extensão, essa costa marinha fica em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. Também não é nada fácil chegar até a área: são 22 quilômetros de trilha que devem ser feitos com carros 4x4 – é possível pagar pelo transporte (cerca de R$ 70 por pessoa). Vale a pena separar algum dia para visitar a Cachoeira do Gato e o Mirante do Pirata.


© 2023 by Mary Schaffer. Desenvolvido por NScom.